“Moradores se mobilizam pelo término da construção da Estação da Gávea do metrô”

Caros moradores,

Confiram Coluna do Anselmo Góis, no Jornal O Globo de hoje:

“Associações de moradores e outras entidades lançaram, junto a Concessionária Rio Barra, o movimento “Anda Metrô Gávea”, pelo fim da obra parada desde 2015. Aliás, a expansão do metrô do Rio parece que parou de vez, enquanto em São Paulo prossegue (o governador João Dória retomou a construção da chamada Linha 6 – Laranja).

O movimento, claro, defende a retomada da obra como todo, enquanto o governador Claúdio Castro optou por lançar um edital para contratar uma empresa para desenvolver um projeto básico para o reforço estrutural das áreas incompletas da futura Estação. Trata-se de um buraco de 50 metros de profundidade.

Só que uma autoridade que conhece de perto o assunto receia que o a retomada estação da Gávea não vai ocorrer enquanto não chegar um acordo com o Tribunal de Contas do Estado, que denunciou superfaturamento na obra.

Enfim, uma novela.”

Matéria do Jornal O Globo sobre Atraso na Intervenção para Estabilização da Estação do Metrô da Gávea

Caros moradores,

Confiram matéria no Jornal O Globo sobre atraso na intervenção para estabilização da Estação do Metrô da Gávea:

“Sem o projeto básico pronto — em um processo que levará até seis meses e exigirá novas sondagens para avaliar a estabilidade do terreno — sequer é possível confirmar se o custo das intervenções necessárias chegaria a R$ 48,6 milhões. A situação causa perplexidade entre moradores do bairro que sonham um dia com a finalização do projeto:

— Há mais de 20 anos, a população espera que o Metrô chegue até a Gávea. Mas os problemas se multiplicam. Terminar a estação seria o ideal. Serviria como um incentivo para que as escavações prosseguissem no futuro, para implantação de novas estações, até que o traçado chegasse ao Largo da Carioca, como previsto no projeto original da Linha 4 — diz o presidente da Associação de Moradores da Gávea (AmaGávea), René Hasenclever.”

Matéria sobre a Estação de Metrô da Gávea com participação do presidente da Amagávea

Caros moradores,

Confiram matéria no Jornal Folha de São Paulo sobre a Estação de Metrô da Gávea, com participação do presidente da Amagávea, Rene Hasenclever:

“O medo é que essas estruturas se rompam e provoquem o colapso de edifícios próximos, incluindo os da PUC-Rio, colados no canteiro de obras. “Há rachaduras em dois laboratórios da universidade, não podemos esperar acontecer o pior”, diz René Hasenclever, presidente da associação de moradores da Gávea.”

Matéria sobre o Projeto para Esvaziar Estação do Metrô da Gávea

Caros moradores,

Confiram matéria no Jornal O Globo sobre projeto para esvaziar estação do Metrô da Gávea, com participação do presidente da Amagávea, René Hasenclever:

“Por enquanto, o elemento novo nas discussões, o reforço estrutural na estação, divide opiniões. Presidente da Associação de Moradores da Gávea (Amagávea), Rene Hasenclever chama a proposta de “indecente”, ao deixar sem previsão o término de uma obra que consumiu milhões e que seria essencial para desatar o nó no trânsito da região, que abriga, além da PUC-Rio, várias escolas, shopping e espaços como o Planetário:

— Vai ter uma revolta muito grande da população, que espera a conclusão das obras, para as quais tinha sido pedido dinheiro da Lava-Jato. Eu, como morador, sou totalmente contra a medida, que é como tapar o Sol com a peneira. Será que vai custar muito menos do que terminar a estação?”