Concerto da Bachiana Brasileira e 35º Vídeo-Concerto

Concerto da Bachiana Brasileira e Vídeo-Concerto

Logo Concerto copy

1. Concerto da Bachiana Brasileira: Música das Américas
Quinta-feira, 19 de Março, às 20:00 horas
Cúpula do Planetário

2. Vídeo-Concerto
Sábado, 21 de Março às 16:00 horas
Auditório do Planetário

É com grande prazer que vimos convidá-los para dois eventos neste mês de março no Planetário (Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100, Gávea, fone 2274-0046): o segundo concerto da série “Ora direis ouvir estrelas”, com a Orquestra Bachiana Brasileira na quinta feira 19 de março, às 20 horas na Grande Cúpula e o terceiro vídeo-concerto do ano de 2015, o 35º da Série Música Clássica nas Estrelas, no sábado 21 de março, às 16 horas no Auditório.

 

1. Concerto da Bachiana Brasileira: Música das Américas
Quinta-feira, 19 de Março, às 22:0

Sob regência do Maestro Ricardo Rocha, focalizará Música das Américas, com o seguinte programa:

Edino Krieger (Brasil, 1928): Pequeno Concerto para Violino e Cordas, Antonella Pareschi, violino

Samuel Barber (Estados Unidos, 1910-1981): Adagio for Strings

Alberto Ginastera (Argentina, 1916-1983): Impressiones de la Puna, para flauta e orquestra, Rubem Schuenck, flauta

Mario Ferraro (Brasil, 1965): A Estrada do Rio Morto

Andrián Pertout (Chile, 1963): Navigating the Labyrinth

 Charles Ives (Estados Unidos, 1874-1954): The Unanswered Question, para 4 flautas, trompete e cordas.

Duração aproximada: 90 minutos

O Concerto tem o patrocínio do Consórcio Construtor Rio Barra e contou com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, através do uso da Lei de Incentivo à Cultura.

Dirija-se à bilheteria do Planetário e retire gratuitamente o seu ingresso.

 

2. Vídeo-Concerto
Sábado, 21 de Março às 16:00 horas

 O VC consiste na projeção de mídias audiovisuais de alta qualidade, com comentários que contextualizam as composições de música de concerto, seus compositores e intérpretes. Este VC apresentará um programa variado, em termos de períodos, compositores e variadas estruturas musicais, como concerto para piano, ópera e música de câmara, propiciando uma passagem pelos séculos 18, 19 e 20, através de obras marcantes de grandes compositores: Vivaldi, Wagner, Prokofiev, Villa-Lobos, Mignone e Gnatalli, com intérpretes de alto nível como Lang Lang e a Berliner Philharmoniker com o Maestro Simon Rattle, os violoncelistas Antonio Menezes e David Chew, a cravista Rosana Lanzelotte e a pianista Fernanda Canaud.

O Auditório oferece conforto e qualidade sonora para levar-lhes um programa de elevado entretenimento cultural. Um aparelho de ar-condicionado dedicado exclusivamente ao Auditório propiciará temperatura amena, independentemente da temperatura externa. Não obstante, se a temperatura eventualmente estiver fora da zona de conforto, favor avisar prontamente ao apresentador.

Não adquira ingresso na Bilheteria; entre diretamente no prédio e proceda à entrada do Auditório, no 2º piso (a Recepção estará à disposição para orientar os que não conhecem o Planetário), onde estaremos, pelo menos meia hora antes do VC, organizando a lista de entrada e recebendo as contribuições, que, muito agradeceríamos, fossem, se possível, de $15 por pessoa, tendo em conta os atuais custos de produção e ausência de patrocínio financeiro. Vamos sortear entre os presentes um DVD de qualidade, associado aos nossos VCs anteriores. Estamos às ordens para fazer uma reserva em seu nome: por favor, mande um EM para [email protected] (assunto: VC de 21.03 no Planetário) ou se comunique com Nelson de Franco nos fones 2274-9972 ou 99676-3040. Se V., por acaso, esquecer de fazer a reserva, não deixe de comparecer por essa razão, pois o Auditório com suas 100 cadeiras tem capacidade suficiente para acomodar confortavelmente a costumeira plateia dos VCs. O Planetário, além de ser servido por farto transporte público, oferece estacionamento amplo e gratuito.

Sua presença é sumamente importante para que possamos justificar este projeto e fazê-lo autossustentável.

Ler mais

Reunião do CCS-Aisp 23 (19 de Março)

Prezados moradores,

Todos estão convidados para a Reunião do Conselho Comunitário de Segurança – CCS-Aisp 23 (Área Integrada de Segurança Pública no âmbito do 23º Batalhão da Polícia Militar).

Venha participar com as autoridades do Estado e da Prefeitura. Apresente os problemas que o preocupam, assim como sugestões e  recomendações para a melhoria da Gávea, em particular na área de segurança. Caso não possa participar, envie seus comentários para [email protected].

A presidente do Conselho Comunitário de Segurança da 23ª Área Integrada de Segurança Pública – CCS-Aisp 23 – Sra. Maria José Berto e o comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro – 23º BPM – Ten. Cel. Ferraz, tem a honra de convidar a todos um “Café da Manhã”, às 9 horas da manhã, no mesmo local, e para conhecerem a página oficial do CCS-AISP 23: https://www.facebook.com/CCSAisp23

Ler mais

AMAGÁVEA Envia Carta ao Globo através de seu Diretor Nelson de Franco

Prezados Moradores,

A AMAGÁVEA, através de seu diretor Nelson de Franco, enviou a carta abaixo ao jornal “O Globo”, relatando o estado de abandono do Museu Histórico da Cidade:

 Parque da Cidade Abandonado
Com relação à oportuna matéria sobre o Museu Histórico da Cidade, de 3 de março, a AMAGÁVEA gostaria de lembrar o abandono do Parque da Cidade, com uso irregular do estacionamento e invasões não resolvidas. É um quadro que não conduz à visitação de um dos lugares mais queridos pelos moradores da Gávea e da Cidade em geral. O Secretário de Meio Ambiente deve uma explicação à população sobre sua ação para restituir o Parque ao uso dos moradores, livremente e sem constrangimentos. Sem isso, será dificultado o uso do Museu da Cidade, quando estiver restaurado e devolvido à população. A previsão da gerente de museus de reabri-lo em fevereiro de 2016 seria bem vinda, se não fosse absurdamente irrealista. É necessária uma manifestação do recém empossado Secretário de Cultura, com demonstração de orçamento assegurado e cronograma associado para reabertura do Museu. Registramos com prazer que o acervo está acondicionado e bem cuidado, mas infelizmente sem cumprir por longos anos sua função precípua.
Sr. Prefeito, adequar e conservar o que existe é o melhor retorno para o imposto dos contribuintes.

Em caso de resposta colocaremos a informação nessa página.

Atenciosamente,

Diretoria AMAGÁVEA

AMAGÁVEA Participa de Reportagem sobre Museu da Cidade pela TV Bandeirantes (Vídeo)

Prezados moradores,

René Hasenclever e Nelson de Franco, ambos da Amagávea, participaram, a convite da TV Bandeirantes, de uma reportagem sobre o Museu da Cidade na quarta-feira, dia 25 de fevereiro.

A AMAGÁVEA enfatizou a importância de recuperação e readequação do Parque da Cidade, no qual está localizado o Museu da Cidade, com obras praticamente paralisadas há cerca de 5 anos. Também registramos com satisfação que o grande acervo do Museu está protegido, embora lamente sua indisponibilidade para fruição dos moradores da Gávea e da Cidade em geral.

A matéria saiu no jornal local da Band, no sábado, dia 28 de fevereiro, às 18:50. Vejam o vídeo na integra no link abaixo:

http://noticias.band.uol.com.br/jornaldorio/video/2015/02/28/15391432/casarao-bicentenario-do-museu-historico-continua-fechado.html 

Moradores da Gávea, vamos nos unir em torno de um projeto para recuperação do Parque e colocar a devida pressão sobre a Prefeitura para que a mesma aja com determinação e presteza!

Enviem seus comentários e possibilidade de adesão ao esforço coletivo que estaremos organizando.

Atenciosamente,

Diretoria Amagávea