Amagávea convida: Cia Bachiana no Planetário ao Vivo nesta 5ª (26/02) às 20 hs

Prezados amigas e amigos da música de concerto,

A Amagávea tem o prazer de convidá-los para o concerto inaugural da Série “Ora, direis, ouvir estrelas…”, no dia 26 de fevereiro, 5ª feira, às 20:00 no Planetário, com a orquestra da Companhia Bachiana Brasileira, sob a regência do Maestro Ricardo Rocha. O tema é A Orquestra de Cordas: Do Classicismo ao Modernismo Europeu.
A duração do concerto é de uma hora e a entrada é franca.
Mais detalhes podem ser encontrados no convite abaixo.

image

Atenciosamente,

Diretoria Amagávea

34º Vídeo Concerto de Música Clássica no Planetário

34º Vídeo Concerto de Música Clássica no Planetário

Logo Concerto copy

Sábado, 21 de fevereiro às 16:00 horas

VARIADAS ESTRUTURAS MUSICAIS: CONCERTO, ABERTURA, SINFONIA, QUARTETO DO SÉCULO 18 AO 20: MOZART, BERLIOZ, STRAVINSKY, VILLA_LOBOS.

O Planetário da Gávea recebe mais uma edição da série Música Clássica nas Estrelas de Vídeo-Concertos no sábado, 21 de fevereiro às 16:00 no Auditório do Planetário (Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100, Gávea, fone 2274-0046), que oferece conforto (aparelhagem de ar-condicionado exclusiva para o Auditório) e qualidade sonora para levar-lhes um programa de elevado entretenimento cultural.

O Vídeo- Concerto consiste na projeção de mídias audiovisuais de alta qualidade, com comentários que contextualizam as composições de música de concerto, seus compositores e intérpretes. Este VC apresentará um programa variado, em termos de períodos, compositores e variadas estruturas musicais, como concerto para violino, abertura orquestral de partitura para balé, poema sinfônico com coro, e quarteto de cordas, propiciando uma passagem pelos séculos 18, 19 e 20, através de obras marcantes de grandes compositores: Mozart, Berlioz, Stravinsky e Villa-Lobos, interpretadas por orquestras de primeira linha como a Filarmônica de Viena e a BBC  Symphony Orchestra, a Camerata Salzburg com Anne-Sophie Mutter como solista e regente, e o nosso brilhante Quarteto Radamés Gnatalli.

O acesso é livre. Não adquira ingresso na Bilheteria; entre diretamente no prédio e identifique-se na recepção, procedendo à entrada do Auditório, no 1º piso, onde representante da Associação dos Moradores e Amigos da Gávea-AMAGAVEA estará, pelo menos meia hora antes do Vídeo-concerto, organizando a lista de entrada e recebendo as contribuições voluntárias, com um valor sugerido de R$15, para compensar os custos de produção incorridos pela AMAGAVEA e a ausência de patrocínio financeiro. Se desejar fazer uma reserva, mande um EM para [email protected] (assunto: VC de 21.02 no Planetário) ou se comunique com Nelson de Franco nos fones 99676-3040 ou 2274-9972. Se V., por acaso, esquecer de fazer a reserva, não deixe de comparecer por essa razão, pois o Auditório com suas 100 cadeiras tem capacidade suficiente para acomodar confortavelmente a costumeira plateia dos VCs.

Este Projeto é resultado de uma bem sucedida parceria entre o Planetário e a AMAGAVEA, que conta ainda com apoio da Associação dos Amigos do Jardim Botânico-AAJB, da Associação dos Moradores e Amigos do Jardim Botânico-AMAJB, da Sociedade Bachiana Brasileira, e do Projeto Comunicar da PUC Rio (Jornal da PUC e PUC Urgente) para sua divulgação.

Ler mais

Informações da Riotur

Prezadores moradores,

Semana passada a Amagávea teve um encontro com um representante da Riotur, que passou a associação algumas informações muito importantes em relação ao período de carnaval.

Segundo ele, as faixas providenciadas serão duas, alertando para evitar o uso de carro durante o desfile do bloco “A Rocha”. A associação fez um pedido para que fossem instaladas no início da Marquês e outra em frente à PUC.

A coleta seletiva organizada pela Ambev será feito nos desfiles do Escangalha e do A Rocha. Para o desfile do Pede Passagem a Comlurb deverá ser o suficiente.

Não foi fornecido exatamente um mapa dos banheiros, apenas a quantidade disponível para cada um dos dias, que se encontra no anexo abaixo. Além dos containers, que darão um total de 40 vasos, eles estarão disponibilizando cabines espalhadas conforme o número previsto de foliões, sendo diferente em todos os dias.

No dia do Escangalha, por exemplo, além dos 40 dos containers terão mais 50 cabines individuais, totalizando 90 somente nesse dia.

No dia do A Rocha serão 40 cabines espalhados pela Marquês e na Vice-Governador Rubens Berardo, sempre com os containers na Praça.

Caso se perceba algum bloco pirata com carro de som, pedidos que os moradores encaminhem sua reclamação à Amagávea, que irá envia-la à Riotur.

Em anexo segue também o modelo do colete usado pelos ambulantes credenciados. A Amagávea recomenda que os moradores comprem bebidas apenas daqueles que estiverem usando tais uniformes.

KIT promotores de venda

Blocos GAVEA

 

Atenciosamente,

Diretoria Amagávea

“Vigilância Sanitária interdita Braseiro da Gávea” – Veja Rio

“O restaurante Braseiro, localizado na Praça Santos Dumont 116, na Gávea, continua interditado, sem previsão de reabertura. O local foi fechado pela Vigilância Sanitária municipal no final da tarde desta terça-feira (27/01), após denúncias feitas pela central de atendimento 1746.

Foi constatada falta de higiene em todo o ambiente interno e na manipulação de alimentos. Além de sujeira, os técnicos também presenciaram, na cozinha, rachaduras na parede, nos pisos e nos tetos, e goteira provocada pelo ar condicionado.
Ainda houve o flagra de alimentos acondicionados inadequadamente e utensílios de cozinha sem condições de serem utilizados.
O restaurante Braseiro permanecerá totalmente fechado até que se cumpram as determinações da equipe do órgão municipal de deixar o local em condições higiênico-sanitárias satisfatórias.”

http://vejario.abril.com.br/…/vigilancia-sanitaria-interdi…/

Caso conheça algum outro caso do tipo, não deixe de enviar usa denuncia para a vigilância sanitária:http://www2.rio.rj.gov.br/vigilanciasanitaria/

Atenciosamente,

Diretoria Amagávea

Inquérito Civil no Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro sobre uso Irregular do Joquey Club

A AMAGÁVEA, em conjunto com a AMAJB-Associação de Moradores e Amigos do Jardim Botânico e com a ADESPE-Associação de Moradores e Amigos da Selva
de Pedra, vem atuando, com representação da Advogada Regina Carquejo, junto ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro-MPERJ, no sentido de evitar o progressivo desvirtuamento do patrimônio do Jóquei e seu uso comercial indevido, com implicações adversas para a vida do bairro da Gávea e seus vizinhos Jardim Botânico e Leblon: circulação viária, poluição sonora e esgotamento sanitário, entre outras. A ata, em anexo, de reunião havida com o Promotor de Justiça Dr. Eduardo Santos Carvalho, do MPERJ, no dia 28 de janeiro, ressalta essas questões e indica as ações futuras.

Ler mais