Sobre a AMAGÁVEA


Moradores e amigos da Gávea,

A Gávea é um bairro charmoso, cativante, valorizado e tido como um lugar com um dos maiores índices de qualidade de vida na cidade do Rio de Janeiro. Talvez isso se deva em parte a um histórico de uma Associação de Moradores forte e muito atuante através dos anos.

A AMAGÁVEA sempre foi uma referência nesse sentido, tendo uma reputação positiva e de destaque na cidade.

Um pouco da história

A Associação de Moradores e Amigos da Gávea – AMAGÁVEA – existe desde 1976. É uma das mais antigas associações de bairro em atividade na cidade. Visa trabalhar pela manutenção da qualidade de vida dos moradores e pela preservação do patrimônio histórico, cultural e natural do bairro. A associação atua como interlocutora da comunidade perante autoridades e órgãos municipais, estaduais e federais, da administração direta ou indireta, bem como entidades de direito privado, responsáveis por serviços e obras no bairro, inclusive promovendo em juízo, ou fora dele, as ações e medidas que se fizerem necessárias.

A força de uma associação de moradores se dá através do número de pessoas comprometidas e participantes do movimento. Assim, ao longo dos últimos anos, as Diretorias criaram uma representação significativa que se fez ouvir pelos representantes do Governo e entidades que administraram nossa cidade, como vemos no histórico das ações realizadas.

Conquistas da AMAGÁVEA pela qualidade de vida do bairro:

  • Obtenção de promessa do Governo do Estado para a abertura da Estação Gávea do Metrô, assunto ainda em discussão dentro da esfera do movimento “O metro Que a Gente Quer”;
  • Participação intensa no Conselho Comunitário de Segurança Pública, resultando na melhoria do ordenamento urbano no bairro;
  • Participação ativa junto à Gestão do Parque da Cidade, levando a contribuição da AMAGAVEA para a discussão e implantação de ações que levem à recuperação desse patrimônio para o lazer dos moradores do bairro, assim como à ordenação urbana do seu entorno;
  • Aproximação com representações comunitárias do Parque da Cidade, Vidigal e Rocinha para criação de uma visão integrada de problemas comuns e soluções participativas;
  • Criação de um grupo de trabalho formado por moradores e representantes de Blocos para debater questões sobre o Carnaval de rua, procurando minimizar os transtornos causados aos moradores;
  • Preservação das áreas verdes com vigilância contra o crescimento de casas na Vila da Major e residências na rua Major Rubens Vaz, João Borges e Caio Mário;
  • Fechamento do Viaduto Graça Couto;
  • Ações de ordenamento no Baixo Gávea, com limitação de horário de funcionamento;
  • Campanha contra a instalação do Shopping do Jockey Club;
  • Campanha contra a instalação da Faculdade Estácio de Sá no clube Umuarama;
  • Vitória na ação contra a Clínica São Vicente que pretendia instalar um teleférico, para ligar a clínica à Rua Marquês de São Vicente;
  • Acordo com a Clínica São Vicente para colocação de fradinhos na Rua João Borges entre a esquina da Rua Duque Estrada e o imóvel localizado no numeral 120;
  • Instalação de sistemas de redução de ruídos de ar-condicionado da Clínica São Vicente;
  • Apoio na ação dos moradores para redução do barulho do ar-condicionado do Shopping da Gávea;

Para que continue assim, precisamos nos unir.  Todas as vitórias alcançadas pelo bairro são resultado dessa união.

Nosso trabalho é voluntário e visa defender o nosso bairro e seus direitos.

Por isso, precisamos da ajuda de cada um de nossos moradores.

Ajude-nos a zelar pela Gávea.

Seja sócio, contribua financeiramente e/ou com trabalho voluntário e venha participar de nossas reuniões.

Diretoria AMAGÁVEA