Matéria no Jornal O Globo sobre Desvios do Metrô

02 jul 19

Lava-Jato no Rio prende procurador por suspeita de receber propina em obras da Linha 4 do metrô

“Segundo delação premiada do ex-diretor de contratos da empreiteira Odebrecht Marcos Vidigal do Amaral, Saad teria recebido R$ 1,265 milhão em pagamentos relacionados ao metrô do Rio. O delator disse que o procurador recebeu R$ 300 mil em troca de um parecer sobre a Linha 4 que alterava o seu trajeto inicial, além de desvios no uso do tatuzão, que consome por mês R$ 2,9 milhões mesmo parado.”

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com