Audiência Pública sobre Projeto em Antigo “Terreno do Mundial”

Prezado morador e associado,

O terreno da Rua Marquês de São Vicente nº 104 é hoje uma das grandes situações a serem resolvidas no nosso bairro. Várias especulações e histórias rondam o famoso “Terreno do Mundial”. Há mais de 30 anos a área em questão encontra-se abandonada e isso impacta negativamente a urbanização e paisagem do bairro. Hoje este terreno é motivo de preocupação dos moradores, e por consequência da Amagávea, por ser um possível criadouro de ratos e mosquitos.

Em 2014, foi aprovada a Lei 5757/2014 que cria o Parque Municipal Sustentável da Gávea. No tocante à exigência de que a indenização seja justa, decorre a necessidade de que o valor pago pelo Poder Público corresponda ao valor do bem cuja titularidade foi suprimida. Para validar a desapropriação é fundamental que haja um ressarcimento integral e pela localização e tamanho do terreno o valor é relativamente alto, acima de R$ 60 milhões. A Prefeitura até o momento não remunerou o proprietário do terreno desapropriado e pela atual situação financeira da economia acreditamos que o município não o fará tão cedo pois há muitas outras prioridades.

A Amagávea sempre esteve presente de maneira transparente e trazendo à discussão cada proposta que nos foi passada. Consciente que a atual legislação não permite na área a instalação de um comércio de grande porte, como um supermercado, a empresa proprietária apresentou para a Amagávea um projeto de empreendimento comercial para o local, desenvolvido pela empresa da Arquitetura A+. No projeto consta um grande parque na parte da frente e um empreendimento de quatro andares com salas comerciais no restante do terreno.

Agendamos uma reunião com a Secretaria de Urbanismo para saber mais detalhes do projeto e para esta reunião convidamos os síndicos vizinhos do terreno. Neste encontro a Secretaria de Urbanismo definiu a realização de uma Audiência Pública, onde o projeto será apresentado a comunidade e os moradores serão ouvidos. Assim sendo, a Amagávea convida você morador a participar da Audiência Pública.

A Amagávea acredita na força democrática de uma gestão e entende que quanto mais moradores comparecerem, melhor.

A audiência será no dia 6 de julho, quarta-feira, às 19h, no Planetário.

Esperamos todos vocês

Atenciosamente.

Rene Hasenclever e diretoria

Reunião do CCS-Aisp 23ª (30 de Junho)

Prezados moradores,

Todos estão convidados para a Reunião do Conselho Comunitário de Segurança – CCS-Aisp 23 (Área Integrada de Segurança Pública no âmbito do 23º Batalhão da Polícia Militar), no dia 30 de Junho às 10 horas da manhã, no Salão Paroquial da Igreja Santa Mônica, no Leblon.

Venha participar com as autoridades do Estado e da Prefeitura. Apresente os problemas que o preocupam, assim como sugestões e recomendações para a melhoria da Gávea, em particular na área de segurança. Caso não possa participar, envie seus comentários para [email protected].

A presidente do Conselho Comunitário de Segurança da 23ª Área Integrada de Segurança Pública – CCS-Aisp 23 – Sra. Rosane Machado tem também a honra de convidar a todos para um “Café da Manhã”, às 9 horas da manhã, no mesmo local, e para conhecerem a página oficial do CCS-AISP 23: https://www.facebook.com/CCSAisp23

Data: 30 de Junho, 5ª feira

Programação:
9h às 10h – Café Comunitário
10h às 12h – Reunião do CCS-Aisp 23

Local: Salão Paroquial da Igreja Santa Mônica. Av. Ataulfo de Paiva, 527 – Leblon.

Atenciosamente,

Diretoria AMAGÁVEA

Progressos na Implementação do “Parcão”

Prezados moradores,

Hoje a AMAGÁVEA, representada por moradores e integrantes da Diretoria, recebeu a equipe da SECONSERVA e um representante da subprefeitura para dar continuidade a implementação do “Parcão”, na Praça Santos Dumont.

0

Aguardem mais notícias em breve!
Associe-se, participe, envie sua colaboração para [email protected]
Atenciosamente,
Diretoria Amagávea

48º Vídeo-concerto Música Clássica nas Estrelas

Logo Concerto copy

Sábado, 11 de Junho, às 16:00h

ÓPERA, CONCERTO E BALÉ: PUCCINI, GUARNIERI, PUGNI/BREL

O Vídeo-Concerto consiste na projeção de mídias audiovisuais especiais de alta qualidade, com comentários que contextualizam as composições de música de concerto, seus compositores e intérpretes. Este VC apresentará um programa variado, propiciando uma memorável viagem musical do romantismo operístico de Puccini, com uma versão de La Bohéme, editada especialmente pela produção, com a diva Anna Netrebko e o excepcional tenor Rolando Villazón, a um dos maiores compositores brasileiros do século 20, Mozart Camargo Guarnieri, com o seu emblemático concerto para violino e orquestra Nº 2, interpretado pelo intern acionalmente conhecido violinista Luis Filipe com a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, sob a regência do experiente Maestro Lutero Rodrigues. O balé também estará presente a cargo de excepcionais bailarinos, com um envolvente pas de deux de Pierre Lacotte sobre música romântica de Cesare Pugni, com os russos fora de série Maria Alexandrova e Sergey Filine, e um solo virtuosístico do fenômeno Daniil Simkin sobre música de Jacques Brel e coreografia de van Cauwenbergh.

Não adquira ingresso na Bilheteria; entre diretamente no prédio e proceda à entrada do Auditório, no 2º piso (a Recepção estará à disposição para orientar os que não conhecem o Planetário), onde representante da AMAGÁVEA estará, pelo menos meia hora antes do VC, organizando a lista de entrada e distribuindo senhas para o habitual sorteio do DVD oferecido pela Produção.

Estamos às ordens para fazer uma reserva em seu nome: por favor, mande um EM [email protected] (assunto: VC de 11.06 no Planetário) ou se comunique com Nelson de Franco nos fones 2274-9972 ou 99676-3040. Se V., por acaso, esquecer de fazer a reserva, não deixe de comparecer por essa razão, pois o Auditório com suas 100 cadeiras tem capacidade suficiente para acomodar confortavelmente a costumeira plateia dos VCs.

O estacionamento do Planetário é gratuito e estará disponível dentro de sua capacidade limitada. Os estacionamentos do Trade Center e do Shopping da Gávea, na Rua Marquês de São Vicente, são boas opções. Não obstante, a área é servida por farto transporte público.

O vídeo-concerto dura cerca de 2 ½ horas, incluindo apresentações das obras e intervalo de 10 minutos.

Ler mais