“ParCão” na Praça Santos Dumont

Caros moradores,

Recentemente, por iniciativa dos moradores do bairro, foi feito um pedido a prefeitura para a criação de um “ParCão” na atual Praça Santos Dumont. Este seria um espaço de encontro e lazer adaptado para cachorros, permitindo que seus donos também pudessem socializar e utilizar com mais frequência os espaços públicos do bairro. Dado o estado de abandono da praça, essa seria também uma forma de recupera-la e torna-la mais viva. Projetos semelhantes já foram realizados na Lagoa e no Leblon, tendo resultados muito positivos.

Entretanto, para que o projeto sai do papel é necessária a assinatura dos moradores do prédio localizado no número 55, que possui apenas 4 apartamentos. Já foram obtidas 2 assinaturas, porém ainda não foi possível localizar os donos dos dois outros apartamentos. Além disso, a prefeitura, contradizendo a si mesma, afirma agora que também é necessária a assinatura dos donos dos prédios comerciais localizados no entorno da praça.

Pedimos, assim, o apoio dos moradores do bairro para levar esse projeto adiante, especialmente buscando as assinaturas restantes requisitadas pela prefeitura. Aqueles com disponibilidade para ajudar podem encontrar em contato diretamente com a Amagávea através do email [email protected].

Agradecemos a colaboração de todos!

Atenciosamente,

Diretoria Amagávea

Adoção da Praça Santos Dumont

Caros moradores e amigos da Gávea,

Informamos que, de acordo com informações repassadas à associação pela prefeitura, a Praça Santos Dumont acaba de ser “adotada” pela ONG Máquina do Tempo.

A adoção se estende por um período de 2 anos e a organização ficará parcialmente responsável pela manutenção da praça, assim como outras ações específicas.

Atenciosamente,

Diretoria Amagávea

44º Vídeo-concerto Música Clássica nas Estrelas

Logo Concerto copy

Sábado, 27 de Fevereiro, às 16:00h

VIAGEM MUSICAL E COREOGRÁFICA COM ALGUNS EXPOENTES DOS SÉCULOS 19 e 20: MENDELSSOHN, TCHAIKOVSKY, PIAZZOLA, VILLA-LOBOS, MIGNONE, GERSHWIN, BALANCHINE

Amigas e Amigos da Música de Concerto,

É com grande prazer que vimos convidá-los para o primeiro vídeo-concerto do ano de 2016, o 44º da Série Música Clássica nas Estrelas, no sábado 27 de fevereiro às 16 horas no Auditório do Planetário (Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100, Gávea, fone 2274-0046).

O Vídeo- Concerto consiste na projeção de mídias audiovisuais especiais de alta qualidade, com comentários que contextualizam as composições de música de concerto, seus compositores e intérpretes. Este VC apresentará um programa variado, com balé e música com compositores, períodos e formas musicais diversas, incluindo peça orquestral, concerto para violino e música de câmara, propiciando uma agradável viagem com alguns dos expoentes do século 19 (com obra marcante de Mendelssohn e delicada de Tchaikovsky) e do século 20 (com obra seminal de Piazzola, peças camerísticas inspiradas de Villa-Lobos, Mignone e Gershwin, e um envolvente pas-de deux coreografado por Balanchine),  contando a programação com  intérpretes de alto nível como os pianistas Lúcia Barrenechea e Lambert Orkis, o violoncelista Hugo Pilger, os violinistas Ricardo Amado, Frank-Michael Erben e a diva Anne-Sophie Mutter, as Orquestras Ouro Preto com o Maestro Rodolfo Toffolo e de Leipzig com o Maestro Kurt Masur.

O Auditório renovado oferece mais conforto e qualidade visual e sonora para levar-lhes um programa de elevado entretenimento cultural. Um aparelho de ar-condicionado dedicado exclusivamente ao Auditório propiciará temperatura amena, independentemente da temperatura externa. Não obstante, se a temperatura eventualmente estiver fora da zona de conforto, favor avisar prontamente ao apresentador.

Não adquira ingresso na Bilheteria; entre diretamente no prédio e proceda à entrada do Auditório, no 2º piso (a Recepção estará à disposição para orientar os que não conhecem o Planetário), onde estaremos, pelo menos meia hora antes do VC, organizando a lista de entrada e recebendo as contribuições voluntárias, que, muito agradeceríamos, fossem, se possível, de $15 por pessoa, tendo em conta os atuais custos de produção e ausência de patrocínio financeiro. Vamos sortear entre os presentes um DVD de qualidade, associado aos nossos VCs anteriores. Estamos às ordens para fazer uma reserva em seu nome: por favor, mande um EM para [email protected] (assunto: VC de 27.02 no Planetário) ou se comunique com Nelson de Franco nos fones 2274-9972 ou 99676-3040. Se V., por acaso, esquecer de fazer a reserva, não deixe de comparecer por essa razão, pois o Auditório com suas 100 cadeiras tem capacidade suficiente para acomodar confortavelmente a costumeira plateia dos VCs.

O estacionamento do Planetário é gratuito e estará disponível dentro de sua capacidade limitada. Os estacionamentos do Trade Center e do Shopping da Gávea, na Rua Marquês de São Vicente, são boas opções. Não obstante, a área é servida por farto transporte público.

Ler mais

Sobre o Supermercado Mundial na Gávea

Prezados moradores,

Tendo em vista esclarecer as recentes indagações sobre o supermercado Mundial na Gávea, a diretoria da Amagávea escreveu o texto abaixo. Por favor, compartilhem o texto com outros moradores e ajudem a fomentar esse debate, fundamental para o bairro.

Sobre o supermercado Mundial na Gávea

Recentemente muito se tem comentado sobre a falta de opção de bons supermercados no bairro. Temos apenas o Zona Sul no início da Rua Marquês de São Vicente e o Econômico no Alto Gávea. Para um bairro com uma população de 20.000 habitantes é pouco. Sobre os serviços e preços, opiniões diversas. A maioria de forma negativa sobre o primeiro. Alguns moradores questionam a Amagávea por ela se posicionar contra a possibilidade do supermercado Mundial abrir uma filial na Gávea, em um imóvel de sua propriedade localizado na Rua Marquês de São Vicente, 104. O que não é verdade. Para esclarecimento, o que impede a vinda do Mundial não é nenhuma ação da Amagávea neste sentido e sim o Decreto 6.881/87 que regulamenta as atividades comerciais permitidas entre a Praça Santos Dumont e a Rua Embaixador Carlos Taylor. O decreto autoriza apenas estabelecimentos de pequeno e médio porte, como farmácia, padaria, sapataria, bar, restaurante, entre outros. Supermercado não é permitido pela legislação atual. Apenas como informação, o supermercado Zona Sul tem alvará obtido antes do decreto de 1987 e por isso tem permissão para seu funcionamento, já que a lei não pode ser retroativa. Além disso, o uso pretendido para o terreno não é compatível com o zoneamento da área. Desta forma, a única maneira do supermercado Mundial se instalar no local é alterando a legislação vigente através da Câmara de Vereadores ou um decreto especial do prefeito.

Em 2004 a Amagávea realizou uma audiência pública, no antigo Colégio Rio de Janeiro, para apresentar o projeto do supermercado Mundial e ouvir a opinião dos moradores sobre o assunto. Cerca de 200 pessoas estiveram presentes e, por votação, 75% se posicionou contra a vinda do supermercado. Entretanto, era de amplo conhecimento que o número de moradores a favor do novo supermercado era bem maior, cerca de 60% da população, número levantado por meio de pesquisa de opinião contratada pela empresa. Entretanto estes moradores, favoráveis a vinda do supermercado não compareceram na audiência e no final ficou valendo a opinião dos presentes. Assim sendo, a Amagávea se posicionou com a maioria e sempre a favor das normas vigentes.

Ler mais

Participação Coletiva dos Moradores

Queridos gaveanos,

Para pensar, e quem sabe mudar essa nossa tradição, que relato o seguinte trecho de uma recente matéria publicada na mídia:

“Belga que vive no Morro da Babilônia investe em projeto que usa painéis de energia solar para iluminar imóveis na favela” (Matéria de Giselle Ouchana, Jornal O Globo, página 16, dia 12/02/16). Em determinado trecho da reportagem o investidor belga declara que o “(b)rasileiro não tem tradição de se juntar e agir. Ou aguarda ações do governo, ou as respostas de Deus. Se queremos melhorar de vida, temos que agir e procurar novos caminhos. Não é complicado” – basta querer e querer é poder.

Este é o discurso que faço aos moradores amigos da Major e para qualquer gaveano que ao me encontrar na rua se queixa do caótico transito na Gávea, das calçadas, do lixo, do infernal barulho tradicional nos países latinos, das praças abandonadas e tantas outras mazelas que nos entristecem.

Observo nas redes sociais, que sem dúvida tem um papel importante, somente idéias e sugestões, mas no momento mais “pesado” e que requer maior ação a situação que se vê é bem diferente!

A UNIÃO FAZ A FORÇA.

Abraços fraternos,

René Hasenclever
Presidente da Amagávea